tree tops

Canções e Serestas

Desde os 10 anos de idade a compositora criava seus versos e suas canções motivadas por sua alegria de viver e amor a música. Em sua juventude Neusa Cavallari colocava seus sentimentos e seus amores em versos para o amado.


Letra e música de Neusa Cavallari - Ano de 1955 - (11 anos)

 

As borboletas voam,
Nas mais belas manhãs de sol;
Por entre canteiros de flores,
Espalhados pelo arrebol.
Nesta linda primavera,
De flores tão gentis
Plantadas nesta terra,
Terra em que eu nasci.

A natureza, divina,
Foi Deus quem criou;
Principalmente, a flor,
A primeira que desabrochou.



Letra e música de Neusa Cavallari

 

Estribilho:

Ai como bate o meu coração
Quando ele passa no meu quarteirão (bis)

Faça sol, ou faça chuva,
Faça frio, faça calor,
Sempre vejo todo dia
O andar do meu amor!

Estribilho:

Teu sorriso é tão franco
Quando diz um oi pra mim
Segue logo teu caminho,
É rotina, é sempre assim!

Estribilho:

Espero o dia em que ele pare
Pra comigo conversar
Talvez diga que me ame
Que comigo quer casar
Sentirei que nessa hora
É chegada a ocasião
Lhe direi e sem demora
Eu te dou meu coração!


Letra e música de Neusa Cavallari -início década de 1960

 

Abre a porta do teu coração,
deixe o meu amor entrar:
Dentro dele introduzir uma canção,
E senti-lo bem juntinho a palpitar.
Tic tac ouvirei com atenção,
e embalada cantarei minha canção.
Meu amor eu te amo sem cessar
Dentro do teu coração quero ficar.

Abre a porta do teu coração,
deixe o meu amor entrar:
Dentro dele introduzir uma canção,
E senti-lo bem juntinho a palpitar.
Tic tac ouvirei com atenção,
e embalada cantarei minha canção.
Meu amor eu te amo sem cessar
Dentro do teu coração quero ficar.

Meu amor eu te amo sem cessar
Dentro do teu coração quero ficar.



Letra e música de Neusa Cavallari

O amor quando nos chega
Desabrochando sem querer,
Vai tomando de mansinho...
Todo o nosso ser.
Vai cravando em nosso peito,
E no coração aberto,
Sonhos e saudades, e a vontade de estar perto.
Chega a doer, traz alegria.
Faz de nós um bem querer,
Realidade e fantasia.
O amor é o tudo o que,
Vem de assalto em nossa vida,
Nos tornando então cativos,
Faz em nós, sua guarida.
Amo você!


Letra e música de Neusa Cavallari

 

Lugar tão belo que meus olhos contemplaram
Onde a beleza reina em todo explendor,
A natureza, obra prima no cenário
Grande presente que doou o Criador;
Sua represa transbordante que fascina,
Parece música seu leve borbulhar,
No horizonte, o sol vermelho que declina,
Tingindo as águas transparentes do lugar.
Estribilho
Fazenda de Tanquã
Inumeráveis são os encantos seus,
Jamais eu posso esquecer suas manhãs,
E as lindas tardes que gravei nos olhos meus.
Fazenda de Tanquã
Inumeráveis são os encantos seus,
Jamais eu posso esquecer suas manhãs
E as lindas tardes que gravei nos olhos meus
E as lindas tardes que gravei nos olhos meus.
Fazenda de Tanquã, Fazenda de Tanquã.



Letra e música de Gilberto Cavallari (1957)

 

Laiá , La, La, La, La, La,.....
Lá no rancho onde moro,
Não tem ninguém para me amar;
Meu amor foi-se embora de lá,
E eu fiquei a chorar, oi...
Me deixou e foi-se embora,
Só saudades ficou.
Hoje eu canto pra esquecer esse amor,
Ela me abandonou.
Tinha um coqueiro ao lado,
Com ninho de sabiá;
Quando estou triste eles cantam,
Para me alegrá.
Sabiá, diga pra ela,
Voltar aqui por favor;
Que eu não consigo,
Viver sem seu amor!

Laiá , La, La, La, La, La,.....
Laiá , La, La, La, La, La,.....

Pensamento:

"Só se vê bem com o coração" St. Exuperry


Letra e música de Sergio Cavallari (1955)
 

Sob o luar,
Eu e você a namorar.
Assim levo a vida,
Sempre, sempre a sonhar.
Porque meu amor,
Não queres meu calor,
Vem de novo me amar!
Eu era tão feliz,
Com você,
Então eu tinha, razão de viver.
E hoje sozinho,
Vivo a vagar,
Eu sem você,
Sob o luar!

Pensamento:

"Só se vê bem com o coração" St. Exuperry


Buscar

Voltar | Sobe